As delícias {e as lutas} de ser uma cristã solteira neste mundo

22 janeiro 2010

Nossas Orações Podem Ser Abortadas Por Um Ressentimento Secreto Alojado no Coração Contra Outra Pessoa





Cristo não lidará com ninguém que tenha um espírito irado e que não perdoe. Somos ordenados a que: "Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências, desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual." (1 Pedro 2:1,2).

Cristo nem mesmo se comunicará com uma pessoa briguenta, desagradável, e que não perdoe. A lei de Deus sobre oração é clara sobre este assunto, "...levantando mãos santas, sem ira e sem animosidade..." (1 Timóteo 2:8). Por não perdoarmos os pecados cometidos contra nós, tornamos impossível a Deus o nos perdoar e abençoar. Ele nos ensinou a orar: "Perdoa-nos, como perdoamos aos outros ...". Existe um ressentimento contra alguém queimando em seu coração? Não veja isto como algo que você tenha o direito de acolher. Deus leva este tipo de coisa muito a sério.Todas as brigas e disputas entre os irmãos e irmãs cristãos devem entristecer Seu coração muito mais do que todos os pecados dos ímpios. Não admira que nossas orações encontrem impedimento - tornamo-nos muito obcecados por nossos próprios sentimentos magoados, e tão preocupados com a forma com que fomos maltratados pelos outros.

Existe também uma maligna falta de confiança crescendo nos círculos religiosos. Invejas, falta de caridade, amargura - e um espírito de vingança, tudo em nome de Deus. Não deveríamos nos espantar se Deus fechar as próprias portas do céu para nós, até que aprendamos a amar e perdoar. Sim, até mesmo àqueles que mais nos feriram. Tire este Jonas de seu barco e a tormenta cessará.


David Wilkerson



Continua amanhã ...


Em Cristo,


Núbia Onara

Isso :
by Núbia Onara 10:29 No comments | in ,

0 Deixe aqui seu comentário:

Postar um comentário

Pesquise no blog