As delícias {e as lutas} de ser uma cristã solteira neste mundo

05 fevereiro 2015

Eu fui para a Universal já convertida no ano de 1999, e comecei como obreira logo que cheguei. Na cidade onde morava só havia um núcleo, mas mesmo escutando o que foi dito acima sobre a Terapia do Amor, eu me recordo que escutava a Terapia pelo rádio todo o sábado, e na minha família, só eu era convertida e ninguém entendia nada.
Só que um tempo depois mudei para a capital e lá eu permanecia fazendo a mesma coisa, só que agora ao vivo, na catedral. E mais, eu trabalhava na reunião das 15h e participava da reunião das 19h. Fiz isso por longos anos, mas nunca deixei de acreditar que Deus iria me responder.
Na verdade, me converti em 1993, com 18 anos. Comecei a fazer a Terapia em 1999 e casei virgem no ano de 2008. Então, foram muitos anos na espera para ter uma resposta. E ele me respondeu. Talvez você esteja se perguntando por que demorou tanto. Muitas vezes eu perguntava para Ele o porquê e não entendia o motivo da falta de resposta.
Havia muitos questionamentos dentro do meu coração e na minha mente, até que um dia EU ENTENDI QUE EU DEVERIA ESTAR FELIZ, GOSTAR e ATÉ AGRADECER POR ESTAR SOLTEIRA. Não foi fácil agradecer, foi um momento de aprendizado muito grande.
Após esse entendimento, pedi para o Senhor Jesus tirar do meu coração, mente e alma tudo que eu havia aprendido, escutado e pensado diferente daquilo que eu acabava de entender. Logo depois eu ouvi uma pregação em que o pastor falava na corrente dos empresários: “Escreve a visão e torna-a bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa correndo”. Habacuque 2.2

Eu tive uma ideia e chamei de o “Quadro da Visão”. Vou contar como fiz o meu primeiro Quadro da Visão. Lembre-se, você tem que ser detalhista. Demorei 30 dias para fazer o Quadro da Visão. Eu estava idealizando o meu futuro. Escolhi as fotos com detalhes, e isso ocorreu no ano de 2006. Toda vez que eu estava recortando as fotos/montando o quadro, eu estava em oração.

1. Recortei várias fotos ligadas ao assunto (namorando e casando). Foi tão forte! Acredito que você não percebeu: eu não coloquei foto de noivado, e eu não noivei, mas namorei e casei;
2. Recortei a foto da cidade onde eu queria morar, área nobre – porque aqui em Brasília não existe bairro;
3. Recortei para quem eu queria trabalhar;
4. Recortei fotos de presentes etc.

Preguei o Quadro da Visão no meu quarto, e quando eu acordava estava feliz com a minha situação. Eu olhava para as fotos – no início não foi fácil -, mas depois me acostumei, e me via vivendo aquelas situações.
Na verdade, eu tenho o quadro na minha casa até hoje. Das 10 fotos que eu coloquei, consegui resultado em 7 fotos, e te falo, todos foram maravilhosos. E mais, eu fiz outros quadros da visão e obtive resultado.
Hoje sou casada com um bom esposo, moro na cidade que eu coloquei no Quadro da Visão e trabalho para quem eu queria trabalhar, e uma coisa posso dizer: é um excelente emprego.
Rosângela.
Depoimento extraído do blog do Bispo Macedo e que eu tinha que compartilhar com vocês essa fé!

Vamos em frente!
#36/365
Isso :
by Núbia Onara 11:40 No comments

0 Deixe aqui seu comentário:

Postar um comentário

Pesquise no blog