As delícias {e as lutas} de ser uma cristã solteira neste mundo

15 outubro 2014

Essa dúvida (segundo ele cruel) foi enviada por email tem um tempinho. Já respondi a pessoa na mesma epoca, mas resolvi publicar aqui juntamente com a resposta, porque vai que seja a dúvida de mais algum rapaz... (a identidade dele foi preservada)

"Olá,
encontrei seu blog por acaso, não sou menina :p ,mas queria sua ajuda... tô gostando de uma menina da minha Igreja, somos amigos há 4 anos, mas ela é bem fechada... tem horas que acho que ela também gosta de mim e tem outras que acho que é coisa da minha cabeça... help me!!!KKKK"  | V.R, 18 anos

Vamos direto ao que interessa. Você conhece essa garota desde que ela tinha 12 anos e você quase 14 anos. Em 4 anos acredito que vocês devem ter desenvolvido bem essa amizade. Só tem uma maneira de resolver isso: você contando pra ela sobre esse seu interesse. O máximo que ela vai poder dizer é que não, mas isso não mata ninguém, pode ter certeza, eu garanto rs.
Mas, também você pode receber um SIM bem lindo. Só vai saber se tentar.
Se ela é bem  fechada, pode ser sim que tenha interesse em você, mas não queira demonstrar.

E tem um detalhe que talvez você não saiba que nós mulheres admiramos: ATITUDE. Pode acontecer dela nem está interessada em você, mas por causa da sua atitude um interesse ser despertado.

O que eu preciso que você tenha sempre em mente, que o namoro entre cristãos, não é um passatempo, é um compromisso visando, após um período de conhecimento mutuo, uma aliança de casamento. Vocês são bem jovens e acredito que possuem outras prioridades no momento. O meu conselho, antes de ter atitude, consulte a Deus, e se constatar que você quer viver esse relacionamento pensando num futuro (não tão longe) assumirem uma aliança no Altar, vá na fé.

**
Esse vídeo ilustra bem a situação do V.R.


Rapazes! Declarem-se! :)

**
Se quiser mandar sua perguntinha é só preencher o formulário logo acima em "Fale comigo". Terei o maior prazer em responder! 

Isso :
by Núbia Onara 09:32 1 comment | in ,

Um comentário:

Pesquise no blog