As delícias {e as lutas} de ser uma cristã solteira neste mundo

05 maio 2014

"Como culpar o vento pela desordem feita, se fui eu que esqueci as janelas abertas!"

Você já deve ter tido conhecimento de casos como esses: uma jovem ou um rapaz, de Deus, dedicados em Sua obra, mas que quando casaram foram infelizes.

E se eu te dissesse que o fato de você ser de Deus não te livra instantaneamente de um relacionamento ruim?

Já vi sofrerem porque casaram mal e depois dizem "no meu íntimo eu sabia que não era pra eu casar com ele(a)... eu observava suas atitudes erradas e via que era o próprio Deus me mostrando, mas...".

E também já vi casais com tudo pra arrebentar, mas só tinham problemas entre eles porque os egos e as vontades não cediam...

Releia a frase  e os exemplos acima. Que conclusão chegamos? Tudo depende de nossas escolhas.

Numa versão Bíblica essa frase seria a passagem em Provérbios 26.2 que diz: "Como ao pássaro o vaguear, como à andorinha o voar, assim a maldição sem causa não virá." 

Tudo na nossa vida tem uma razão, um motivo. Você pode até de primeira me responder "mas a culpa não é minha...". Porém, se pensar direitinho e ser sincera vai ver que tem algo que poderia estar fazendo diferente. O seu coração pode estar de enrolado.

Analise suas experiências sentimentais antes e depois de Cristo (isso vale também para situações que você nem chegou a namorar, mas se viu fisgada por um sentimento). O que você esperava que fosse diferente, mas não foi ou não está sendo? Agora seja franca (o): Qual sua participação nisso?


Nosso propósito este mês será o de fechar "a(s) janela(s)". 

Assista a esse vídeo para que fique mais claro o que o Espírito Santo está querendo despertar em nós. Ele é a reunião que Cristiane Cardoso ministrou dia desses na Terapia do Amor falando sobre bênção e maldição hereditária. 

Medite, considere como se estivesse na reunião. Até participe da oração. Peça para Deus te revelar quais atitudes, escolhas, ou seja, que janelas você tem esquecido aberta e que tem trazido a insatisfação na sua vida sentimental. Vou além, peça para Ele te revelar suas atitudes que até podem ser inofensivas hoje, mas que num futuro relacionamento podem tornar as coisas difíceis.

Considere manter um caderninho com suas anotações nesses propósitos. Suas meditações, suas auto-analises.

Essa é a primeira parte. Depois que você meditar sobre o que acabou de ler e assistir esse vídeo e continuar meditando prepare-se para a continuação. Afinal, se vamos fechar as janelas primeiro identificamos as que estamos deixando abertas e depois fecharemos uma a uma.





Com amor e fé em Cristo,

Núbia Onara
Isso :
by Núbia Onara 22:09 2 comments

2 comentários:

  1. Dona Cristiane sempre com mensagem que verdadeiramente, nos edifica!!! Bjs Núbia.

    ResponderExcluir
  2. Que mensagem abençoadora! Obrigada Núbia, que Deus te abençoe!

    ResponderExcluir

Pesquise no blog