As delícias {e as lutas} de ser uma cristã solteira neste mundo

05 dezembro 2011

Final de ano é o período de balanços para começar o outro bem. Fazemos listas do que foi bom, do que não aconteceu e outras com projetos para o novo ano.

Agora pense, se você tivesse uma empresa e quisesse melhorar a qualidade dos serviços prestados o que estaria entre as atitudes que você tomaria para que isso acontecesse ? Com certeza uma pesquisa com os seus clientes. Eles, através de um questionário, te dariam diretrizes de onde e como mudar para melhor.

Ao invés de você fazer um balanço pessoal sozinho esse final de ano eu as convido a fazer algo diferente. Há muito tempo eu ouvi um pregador falando sobre quatro aspectos que temos sempre que avaliar em nossa vida. Confesso que já não me lembro de toda a pregação, mas dos quatro itens sim. Pensando nisso proponho o seguinte desafio para terminar 2011.(isso não é uma regra. Esse tipo de questionário você pode aplicar em qualquer período da sua vida. É apenas uma forma de ajudar agora onde eu sei que tantas pessoas, inclusive eu, fazem listas sobre o ano que passou e visando o ano que vai chegar.)

Você já deve ter ouvido falar que cada de um de nós somos como uma empresa , e que o nosso sucesso ou falência depende exclusivamente de nós mesmos.

Todo órgão do governo ou qualquer instituição privada que se preze tem uma Ouvidoria. Nela as manifestações relacionados a elogios, sugestões, reclamações e denúncias serão direcionadas para a devida apuração e providência. Considerando que você é a melhor empresa que existe, uma ouvidoria caíria muito bem ... Esse questionário será a sua Ouvidoria!

1º passo: Você fará um questionário com as seguintes perguntas:

Observando minhas qualidades e defeitos peço que responda
1. O que devo manter ?
2. O que devo descartar ?
3. O que devo aprimorar ?
4. O que devo corrigir ?

Podem até parecer perguntas semelhantes, mas se você parar para analisar com cuidado verá que não são.

Nesse questionário também deverá seguir uma breve mensagem explicando os motivos da sua escolha por essa pessoa;

2º passo: A escolha das pessoas;
Você não vai mandar pra todo mundo, mas existem pessoas cuja a opinião é fundamental e seria bom estarem em sua lista. Estão inclusas nisso pai, mãe, irmã(o), algum outro parente cuja a estima por ele seja especial, namorado, noivo ou marido (quem tiver), seu chefe ou algum colega de trabalho próximo, pastor(a) ou alguém da sua vida ministerial, alguns amigos mais chegados que irmãos, e alguém que não tenha tanta aproximidade, mas que você considere (assim você vai ter uma idéia de pessoas próximas e nem tanto). O nº deve variar de 7 a 10 pessoas;

3º passo: você também preencherá o seu questionário assim você vai poder até comparar quando as pessoas escolhidas devolverem;

4º passo: o prazo que você dará as pessoas será de 3 dias. Não precisa mais do que isso. Assim você poderá lê-los logo e faça de tudo para entregar todos os questionários no mesmo dia. Dessa maneira o retorno será no mesmo período. Você pode se valer do recurso do e-mail, mas ligue para a pessoa antes explicando para que ela não pense que é um spam ou uma mensagem sem importância;


Recomendações:

- Seja imparcial. Leia cada crítica como uma ajuda. De repente vai ter escrito coisas que a pessoa já te falou verbalmente, mas pode ser que ela escreva algo que nunca te disse antes. Não leve para o lado emotivo;

- É preciso humildade e coragem para fazer isso. Nem sempre a gente quer ouvir o que pensam sobre nós seja por medo ou porque no fundo sabemos que estamos erradas em algo, mas não queremos reconhecer isso (ainda mais alguém dizendo pra gente). E cá pra nós é mil vezes melhor sabermos agora que estamos perguntando do que quando não queremos ouvir e a pessoa lança a verdade em nossa cara, é ou não é ?! É bíblico, nós vamos apreciar no futuro mais as correções do que os elogios (Pv. 28.23);

- "Mas tudo o que estiver escrito eu deverei considerar?" Sim! Não quer dizer que você vai sair fazendo o que todo mundo diz que é pra você fazer. Você vai ler coisas que sentirá a necessidade de mudar imediatamente, outras cuja as mundanças serão a médio e longo prazo, mas todas deverão ser consideradas sim.

- Algumas críticas podem ser só uma má impressão que você passou para a pessoa e não necessariamente um defeito seu, é uma oportunidade de você corrigi-la;

- Você poderá adaptar as perguntas a uma linguagem que julgue melhor para o entendimento das pessoas;

- Ore antes de escolher cada pessoa e também antes de entregar os questionários;

- A apresentação conta muito. Você pode colocar em um envelope ou dobrar em três partes e grampear. Só não entregue como se estivesse panfletando. Quem receber tem que ver de imediato que é algo sério !

Resultados:

Você irá se surpreender e com certeza a ajudará muito para uma transformação positiva.Porque se para um bom entendedor meia palavra basta imagine um questionário !!!

p.s. esse desafio eu lancei o ano passado também. Fiz com algumas pessoas e fiquei surpresa com o que li ! E vou continuar este ano. Por isso o título é vale a pena ler (e fazer) de novo.

E aí quem se lança ??

Com amor e fé em Cristo
Núbia Onara
Isso :

0 Deixe aqui seu comentário:

Postar um comentário

Pesquise no blog