As delícias {e as lutas} de ser uma cristã solteira neste mundo

07 agosto 2012


"Comunicai com os santos nas suas necessidades, segui a hospitalidade;" Romanos 12.13
Segundo nosso querido dicionário Aurélio, comunicar significa fazer saber, tornar comum,  participar.

Parece óbvio o versículo, mas porque tantos resistem em fazê-lo. Você observa o detalhe em comunicar aos santos, ou seja, aos da fé. Não deveríamos ter vergonha disso. vergonha de ser mal compreendido, julgado ... qualquer necessidade deve ser comunicada e acolhida afetuosamente (hospitalidade).

Quando um irmão chegua até a gente e nos conta sobre sua luta não podemos despedi-lo vazio. Temos que acolhe-lo seja com uma palavra de fé para que ele recobre o ânimo, mas também devemos procurar o que podemos fazer além disso. Lembram da multiplicação dos pães, Jesus orientou que os discipulos alimentassem aquelas pessoas.Parecia impossível né, mas Ele ordenou porque sabia que dava pra fazer. 

É claro que nem sempre vamos resolver um problema de imediato, mas que ação podemos fazer que irá ajudar aquela pessoa. Acho melhor exemplificar ...

Uma amiga, ou um membro da Igreja ... conta das lutas que está passando e cita que está desempregado. Nós vamos dar a palavra de fé, lembra-la(o) do poder do nosso Deus, mas o que podemos fazer a mais ? Será que não podíamos discretamente providenciar uma cesta de alimentos ? Ou ajuda-la a distribuir o currículo ? Marcar um propósito de oração ? Se tem filhos, vê o que ela(e) está precisando para as crianças ...

Deus fica feliz quando agimos assim. Não podemos resolver todos os problemas, mas podemos ameniza-lo enquanto se procura a solução definitiva. 

Lembre sempre que somos hospitaleiros não só quando recebemos bem em nossa casa, mas quando acolhemos a confiança que a pessoa depositou ao nos contar seu problema e nos dispomos a ajuda-la.

Interessante é que no versículo fala pra quem devemos comunicar, aos santos. É fácil ajudarmos aos incrédulos, mas quando são da mesma fé há uma resistência sutil. É como se pensassemos "ora, ele (a) não conhece a Deus, então age a fé" certo é para agir a fé, mas quando compartilhamos crescemos também porque o problema que hoje é de um daqui um tempo pode ser do outro ...

Tem situações que você não fará ideia de como ajudar além de suas orações e jejuns ... talvez seja o momento de se fazer amigo, chamar a pessoa pra sair e conversar, faze-la ver que pode contar com você. 

Eu já perdi grandes oportunidades de ser hospitaleira ... hoje procuro estar mais atenta quanto a isso. Um gesto gente pode fazer muita diferença ...

Tem pessoas que a sua necessidade é de um ouvido ... ela quer alguém que possa ouvir enquanto a olha com amor e comprensão ...

E creio também que o Espírito Santo quer que nossa comunicação seja com os santos (os da mesma fé) porque imagina você professar uma fé no Deus vivo, em Cristo Jesus e pede arrego ao incrédulo ? Me faz lembrar da passagem de Esdras em que ele relata que teve vergonha de ir pedir ajuda ao rei sendo que antes ele abriu a boca pra exaltar a grandeza do Deus a quem ele servia [Esdras 8.22]. Seria uma incoerência ...

Vamos ficar atentos. Nossos irmãos na fé não podem ter receios em chegar até nós e pedir ajuda.  E nós não podemos nos conformar em simplesmente dizer que não dá e deixa-lo ir.

Eu tenho aprendido o quanto é bom praticar esse versículo e tenho visto Deus agir através disso. Não tem preço.

Com amor e fé em Cristo

Núbia Onara


Isso :
by Núbia Onara 20:59 2 comments | in

2 comentários:

  1. verdade, nós igreja somos também irmãos, membros do corpo de cristo e sendo assim , deveríamos contribuir mais em amor.

    abraços;
    ótimo texto, continue escrevendo e edificando vidas

    ResponderExcluir
  2. Núbia, estas palavras reforçaram em meu coração este desejo de ser mais do que um amigo, ser irmão. Se hoje nosso próximo está precisando e podemos ajudar, amanhã poderá ser nós mesmas e o Senhor também não deixará faltar nada, confirmando em nossa vida o Salmo 23. Se todos nós pudéssemos viver assim teríamos outras pessoas dentro das igrejas. Pessoas que pregariam e viveriam o que pregam. Mas enquanto isto não acontece, vamos fazer o que podemos pra sermos como Cristo nos ensinou e sempre repartirmos o pão.
    Deus abençoe seu ministério.

    Priscila Guedes
    www.nossoespacomulher.com.br

    ResponderExcluir

Pesquise no blog