As delícias {e as lutas} de ser uma cristã solteira neste mundo

28 abril 2011


Os ensinamentos de Cristo vão na contramão deste mundo e isso dá um nó cego na cabeça de quem não vive essa fé.

O apóstolo João, em seu evangelho, relata um fato interessante. Estava Jesus na Galiléia, porém na Judéia iria acontecer a festa do Tabernáculo e seus irmãos lhe deram o seguinte conselho: "Sai daqui, e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes. Porque não há ninguém que procure ser conhecido que faça coisa alguma em oculto." [João 7.3 e 4]

De fato. Qual é a lógica desse mundo: o que não é visto não é lembrado, então as pessoas se desesperam a fim de serem vistas, de que suas ações sejam reconhecidas, de que seus talentos sejam ovacionados. As celebridades sempre querem estar em evidência. É a glória deste mundo. Faça para o seu chefe ver, para a sua mãe ver, para seu vizinho ver, para seu amigo ver e a elogiarem. Mas, e quando eles vêm e não falam nada ? Será que vale a pena continuar fazendo ? Será que vale a pena ser uma boa esposa ou uma boa filha quando não sou admirada pela minha família ? Ou é mesmo interessante continuar dando o melhor de mim na empresa onde trabalho e não ser reconhecida por isso ? E mais uma série de situações.

No livro de Mateus tem uma orientação que vai contra esse conselhinho que os irmãos de Jesus deram. Com certeza é conhecido de vocês e diz o seguinte: "E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente." [Mateus 6. 5 e 6]

Que grande motivação para a vida! Tira dos outros a responsabilidade, Deus assume essa responsabilidade de te recompensar. As pessoas podem até serem usadas por Ele para isso, mas a recompensa virá Dele. Jesus sabia perfeitamente disso e por isso sua resposta foi "Ainda não é chegado o meu tempo" [João 7. 6]. O foco Dele era cumprir a missão que o Pai deu e não se aparecer (e olha que seria uma oportunidade em tanto, já pensou milhares de judeus ali reunidos ...).

Quando focamos o que somos e o que fazemos exclusivamente para Deus, mesmo não sendo a nossa intenção (ou desejo) as pessoas notam. E aí não precisamos ser reconhecidas por eles, aliás ainda que não valorizem, quando você faz pra Deus há uma paz e uma satisfação tão grande que você é motivada a fazer sempre mais e mais mesmo sem a aceitação das pessoas. Afinal é para Deus.

Se muitas esposas vivessem isso não se abateriam quando não recebessem os esperados elogios do marido, ela está fazendo para Deus. As filhas (os) não se revoltariam porque seus pais não aplaudem a cada bom ato deles, eles estão fazendo para Deus. Os pais não se entristeceriam a cada indiferença aos seus atos de amor e dedicação dos filhos, eles fazem para Deus. O empregado não ficaria resmungado por não ter seu trabalho valorizado por seu chefe, ele faz como que para Deus. Aí vai a bomba (como diz o meu Pastor) muitos cristãos não esfriariam na fé e desanimariam por nunca serem tão reconhecidos quanto desejariam que fossem, porque não estariam servindo ao Pastor, ou a Instituição ou aos outros membros, eles fazem para Deus. Aliás, quem é e faz para Deus não se sente a vontade de estar nem sob holofotes.

Quando fazemos para Deus Ele nos dá Sua admiração e de quebra a das pessoas, mas isso quando a exclusividade é Dele ... ah e se por um momento você achar que pode ser esquecido se não for visto Deus quer te lembrar de uma coisa: "Ainda que sua mãe te esqueça, contudo Ele não se esquecerá de ti. " [Isaías 49.15]

Com amor e fé em Cristo,

Núbia Onara
Isso :
by Núbia Onara 01:17 3 comments | in ,

3 comentários:

  1. Muito bom Nubinha!
    Quem vivi em busca de aplausos sempre terá um único fim: Frustração!

    Bjinhos!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Frustração !!! É essa a palavra Lia.

    ResponderExcluir

Pesquise no blog