As delícias {e as lutas} de ser uma cristã solteira neste mundo

19 fevereiro 2014


"Assim, Jacó trabalhou sete anos para poder ter Raquel. Mas porque ele a amava, esses anos pareceram poucos dias." Gênesis 29.20

Quem nunca suspirou e pensou "caramba! isso é que é amor" depois de ler esse versículo. E por que será que ele chama tanta atenção? Eu arrisco um palpite: o sacrifício contido nele.

Jacó sabia que tudo o que era importante requeria sacrifício.
E um detalhe: ele poderia ter sossegado depois de ter Lia. E mais, até faltado com a palavra, afinal ele já estava com Raquel pra quê trabalhar mais sete anos! Mas não, ele honrou o acordo. Ele mostrou ali o quanto valorizava Raquel. Comprometimento é isso que Jacó tinha. 
Desde o primeiro momento em que conheceu Raquel ele se esforçou e mostrou até um cavalheirismo movendo aquela imensa pedra do poço para que os pastores (inclusive ela) desse de beber ao rebanho (a natureza da mãe, Rebeca).
Ele sabia lidar muito bem com as consequências de suas escolhas, ele honrava a palavra (engraçado para alguém com fama e nome de enganador...)

Quantos rapazes já vi darem a desculpa "ah, mais ela mora tão longe..." ou até já estavam namorando, mas por alguma razão tiveram que morar longe um do outro e até em outro estado e aí foi mais conveniente ficar com alguém que estava ali pertinho, disponível pra ele e deixarem aquela que ficou em outro local...
O cara não se esforça para nada! Tudo é um motivo para desistir... eu fico imaginando um sujeito desse depois de casado... pior! eu fico imaginando a esposa frustrada depois de casada!

É uma série de desculpas que o sujeito dá:

#Não liga porque não tinha crédito...
#Não manda email porque não tinha internet...
#Não escreve porque não gosta de escrever...
#Não passeia porque não tem dinheiro...
#Não a presenteia porque não tem condições...
#Fica um tempão sem se falarem porque não teve tempo... se ver então, ishi! nem se fala...
#Não vai na sua casa porque o ônibus demora, ou tem que pegar mais de uma condução e não tem carro...
#Ele sempre está cansado demais pra você...

Onde isso vai parar?! O cara é acomodado demais. Desconfio que ele deve pensar "pra quê tanto esforço se a oferta é grande... tem mais mulher do que homem, tem mais solteirA na Igreja, do que solteirO, ou seja, eu sempre vou ter opção."

Sabe o que eu aprendo quando leio sobre Jacó? Procure um rapaz comprometido com o que quer. Um rapaz que se esforce por você, que esteja disposto a pagar o preço!
Já vi casos do rapaz dizer que AMAVA a garota e não faz nada pra esse relacionamento acontecer! Conta outra! Sempre coloca uma dificuldade, deixa ao encargo do tempo... 

Já vi namoro terminar porque a menina morava a duas horas do cara (isso numa epoca tão cheia de modernidade). Já vi cara ser transferido a trabalho para outro municipio (dentro do proprio estado) e ficar mais de 9 meses sem ir ver a namorada e alegar falta de grana pra passagem. Terminar com a namorada e começar a namorar com uma que estava ali bem pertinho (que providencial né... chega a ser divino! ah conta outra).E a ironia vem agora, depois ele foi transferido de volta e a atual ficou lá e num é que ele arranjou tempo e dinheiro pra ir lá visita-la... estranho né, porque será... alguém pode me explicar, sou inexperiente nesses assuntos... francamente.

Minha mãe diz que quando alguém quer traz até água no cesto minha filha! Sabé lá o que é isso?!

Em compensação já vi rapaz morar em outro estado e sacrificar para 1vez a cada dois meses ir vê-la, não ficar um dia sem se falarem, aproveitar cada instante que tinham para ficar juntos, e hoje estão casados e felizes diga-se de passagem.

Quem quer faz quem não quer dar desculpa. Se o rapaz te quer mesmo, de verdade, ele vai dar um jeito, se for fogo de palha, fique tranquila que no primeiro ventinho ele apaga.
Se agora ele não faz, casada você vai ser mais uma daquelas esposas frustradas que dizem assim "só eu dou e não recebo nada em troca".
Nunca esqueço o conselho de uma amiga muito amada que sofreu com um casamento frustrado, mesmo sendo da fé os dois. Ela me contava como era no namoro, o esforço era todo dela. A postura dele era sempre passiva. Até ir ao forum pra marcar o casamento ela teve que fazer. A frustração já começou na lua de mel. Um dia ela olhou pra mim e disse "Nubia, nunca faça aquilo que é para o homem fazer. Ele precisa provar com atitudes o amor que ele facilmente diz ter. Ainda que você possa fazer, seja até mais prático pra você ir lá e fazer, deixe ele fazer. Só assim você vai conhecê-lo. Eu ignorei esses detalhes e sofri." Ela já não está mais casada, e está muito feliz, mas queria não ter passado por toda a experiência que viveu.


Do início, do primeiro momento em que a viu até o fim Jacó provou que amava a Raquel, ele a valorizava com atitudes. E não murmurava (trabalhar anos como se fossem dias prova isso). Em nenhum momento jogou na cara dela todo este esforço. Observe isso naquele que está se candidatando a vaga de ser seu marido.

E pra terminar um poema lindo do Luís de Camões que encontrei pela net enquanto procurava a imagem para este post.

Sete anos de pastor Jacó servia
Labão, pai de Raquel, serrana bela;
Mas não servia ao pai, servia a ela,
E a ela só por prêmio pretendia.

Os dias, na esperança de um só dia,
Passava, contentando-se com vê-la;
Porém o pai, usando de cautela,
Em lugar de Raquel lhe deu a Lia.

Vendo o triste pastor que com enganos
Assim lhe era negada a sua pastora,
Como se não a tivera merecida;

Começou a servir outros sete anos,
Dizendo: Mais servira, se não fora,
Para tão longo amor, tão curta a vida.
(Soneto XXIX. Luís de Camões, 1524-1580)
Ai, ai... suspirei :)


Com amor e fé em Cristo,

Núbia Onara
Isso :
by Núbia Onara 09:25 5 comments

5 comentários:

  1. Eu tbm ignorei estes sinais por um bom tempo, me esforçava por ele e por mim... mas não conseguia agir a fé porquê o sentimento havia tomado conta do meu coração e da minha mente, não dando mais espaço para a razão. Por isso a importância de estarmos em espírito, em sintonia com Deus para não sermos enganadas por nosso próprio coração, pois não ele (o homem) que nos engana, mas o nosso coração.
    Hoje estou super atenta a estes sinais e como escutei da Dona Heide na Festa dos Tabernáculos, "não aceito nada menor do que meu Deus possa me dar".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana Onara.Gostei!! isso mesmo Gabi rs.."não aceite nada menor do que nosso Deus possa nos dar".

      Excluir
  2. muito bom esse site sobre vida sentimental,amei o poema de Jacó,muito edificante!

    ResponderExcluir
  3. muito bom o site,amei o poema de jacó,muito edificante!!!

    ResponderExcluir

Pesquise no blog